Petição Inicial - Consignação em Pagamento - Verbas Trabalhistas

CT
Consultor Trabalhista Advogado(a)
Atualizado em: 2 de Novembro de 2021
0 opiniões
1Downloads

Resumo

Empresa ingressa com ação visando consignar em pagamento as verbas rescisórias de funcionária que não assinou o termo nem aceitou o recebimento dos valores.

Conteúdo da petição

Excelentíssimo (a) Senhor (a) Doutor (a) Juiz (a) da $[processo_vara] Vara do Trabalho de $[processo_comarca] - $[processo_uf]

 

 

 

 

 

 

 

 

$[parte_autor_razao_social], pessoa jurídica de direito privado, inscrita ao CNPJ sob nº $[parte_autor_cnpj], sito à endereço, na cidade de $[parte_autor_endereco_completo], na pessoa de seu presentante legal, vem perante Vossa Excelência, por seus procuradores, ut instrumento de mandato anexo, propor a presente

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

em desfavor de $[parte_reu_nome_completo], $[parte_reu_nacionalidade], $[parte_reu_estado_civil], $[parte_reu_profissao], inscrito no $[parte_reu_cpf] e $[parte_reu_rg], residente e domiciliado na $[parte_reu_endereco_completo], pelas razões de fato e de direito a seguir expostas:

DOS FATOS

A Consignante salienta conforme documentação anexada ter admitido a Consignada como funcionária da Empresa supra qualificada, na data de 08 de Outubro de 2011, com remuneração à época de R$ 579,60 (quinhentos e setenta e nove reais e sessenta centavos) e contrato de 220 horas mensais. Dito isto, conforme se passará a expor,  a Consignada na data de 06 de dezembro do corrente ano, comunicou verbalmente aos diretores ora Consignantes, que estaria saindo da empresa imediatamente, sem maiores explicações, algo que os Consignantes já esperavam diante de suas atitudes nos últimos meses, onde reiteradas vezes faltava ao emprego e criava situações desagradáveis com colegas e com os próprios diretores da Empresa Consignante.

 

Ocorre que, para surpresa dos diretores da Consignante, quando esta foi formalizar o pedido de demissão da Consignada fez menção a negar-se de firmar o termo, bem como, acabou vociferando xingamentos em desfavor dos próprios diretores, que no intuito de respaldar-se de futura demanda em desfavor da empresa, por todo o clima criado pela funcionária, entendem por assegurar correto consignar os valores rescisórios que faz jus a consignada.

 

A prática reiterada de faltas, a desídia no atendimento dos clientes, a má vontade com os próprios …

O conteúdo completo dessa peça é EXCLUSIVO para assinantes
Assine o JusDocs para ter acesso a essa e milhares de outras petições feitas por advogados especialistas

Avaliações

0

Média entre

0 opinião

Avalie essa petição!

Perguntas e respostas